Pedido de nova avaliação

O Art. 74, da RESOLUÇÃO Nº 17/CUn/97 prevê que o aluno, que por motivo de força maior e plenamente justificado, deixar de realizar avaliações previstas no plano de ensino, deverá formalizar pedido de avaliação à chefia do departamento de ensino ao qual a disciplina pertence, dentro do prazo de 3 (três) dias úteis, recebendo provisoriamente a menção I.

Cessado o motivo que impediu a realização da avaliação, o aluno, se autorizado pelo departamento de ensino, deverá fazê-la em data acordada entre o requerente e o professor.

Se você deseja pedir uma nova avaliação:

1 – Verifique se você atende os prazos estabelecidos pela RESOLUÇÃO Nº 17/CUn/97.
2 – Acesse o menu requerimentos, imprima e preencha o formulário.
3 – Providencie o(s) anexo(s) necessários (ex.:atestado).
4 – Compareça a SID para entrega dos documentos e abertura da tramitação.
5 – Aguarde um retorno, via email, da secretaria com o parecer do pedido.
6 – Entre em contato com o professor responsável pela disciplina, para remarcar uma nova data de aplicação da atividade avaliativa.

 

Observação: Na educação superior não há abono de faltas, exceto nos seguintes casos:

– alunos reservistas: o Decreto-Lei nº 715/69 assegura o abono de faltas para todo convocado matriculado em órgão de formação de reserva ou reservista que seja obrigado a faltar às atividades civis por força de exercício ou manobra, exercício de apresentação das reservas ou cerimônias cívicas, e o Decreto nº 85.587/80 estende essa justificativa para o oficial ou aspirante-a-oficial da reserva, convocado para o serviço ativo, desde que apresente o devido comprovante (a lei não ampara o militar de carreira; portanto suas faltas, mesmo que independentes de sua vontade, não terão direito a abono);
– aluno com representação na CONAES: de acordo com a lei que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), as instituições de educação superior devem abonar as faltas do estudante que tenha participado de reuniões da CONAES em horário coincidente com as atividades acadêmicas.

Referência: Ministério da Educação. Perguntas frequentes sobre educação superior. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/sesu-secretaria-de-educacao-superior/perguntas-frequentes>